Santos Dumont e a Invenção do Avião

Santos Dumont e a Invenção do Avião

1.048 visualizações 148 downloads

Detalhes

  • Categoria: Engenharia, História
  • Assuntos: 14 bis, Avião, Engenharia, História, Invenção do Avião, O Primeiro vôo, Santos Dumont
  • Autores: Henrique Lins de Barros
  • Quantidade de Páginas: 20
  • Data de Inclusão: 16/06/2015
  • Formato do Arquivo: PDF
  • Tamanho do Arquivo: 659 KB

Voar e controlar o vôo foram grandes desafios que mobilizaram cientistas, engenheiros, inventores, visionários e aficionados por mais de dois séculos. As tímidas demonstrações do pequeno balão de ar quente, realizadas pelo jesuíta brasileiro Bartolomeu de Gusmão, em 1709, mostraram que o sonho de voar poderia se transformar em realidade. Outro brasileiro, o paraense Julio Cezar Ribeiro de Souza, conseguiu em 1880 dar um passo na direção da dirigibilidade de balões. Mas foi somente em 19 de outubro de 1901, quando o dirigível 6 de Alberto Santos Dumont contornou a torre Eiffel, em Paris, que o vôo com controle ficou comprovado. No entanto, foi a invenção do avião, em 1906, que produziu extraordinário impacto no cenário mundial. O avião transformou-se no principal meio de transporte transcontinental, alterando profundamente as relações internacionais e todos os aspectos da vida moderna. O trabalho do mineiro Alberto Santos Dumont no campo da aeronáutica é de uma impressionante criatividade. Inventor do primeiro motor a explosão útil na aerostação e do motor de cilindros opostos, inovador no uso de materiais até então ignorados, do relógio de pulso prático, entre outras muitas contribuições, Santos Dumont culminou sua carreira ao apresentar o primeiro avião, o 14bis, capaz de realizar um vôo completo na presença de uma comissão de especialistas e do público, e ao inventar, pouco depois, o primeiro avião da categoria ultraleve, o diminuto Demoiselle. O processo de criação de Santos Dumont é um raro exemplo no campo da inovação tecnológica.

Comente Aqui

Subir ao topo