A Narrativa Simbólica do Cinema e a Representação do “Real” na História

A Narrativa Simbólica do Cinema e a Representação do “Real” na História

1.690 visualizações 28 downloads

Detalhes

  • Categoria: História
  • Autores: Thomas Antonio Baptista
  • Quantidade de Páginas: 100
  • Data de Inclusão: 10/11/2016
  • Formato do Arquivo: PDF
  • Tamanho do Arquivo: 1.713 KB

A presente pesquisa aborda a narrativa simbólica do cinema representada por dois filmes – A conquista da honra (2006, 131’) e Cartas de Iwo Jima (2006, 140’) –, ambos do diretor norte-americano Clint Eastwood, a fim de demonstrar a contraposição da suposta representação do “real” na História com o fato retratado pelos filmes, qual seja, a invasão e conquista da Ilha de Iwo Jima, no Japão, realizada pelos Estados Unidos durante a Segunda Guerra Mundial. O fato histórico ocorrido durante a ocupação da Ilha pelos Estados Unidos pode ser analisado sob vários vértices, entre eles a visão americana, a visão japonesa e a construção discursiva deste fato feita não apenas pelos dois povos, mas também pelo cinema enquanto documento histórico e fonte de pesquisa. O desenvolvimento do trabalho se dará a partir da análise da construção imagética desses dois filmes e da leitura de pensadores do campo da História, além de realizar a análise da construção deste fato histórico por meio do discurso sobre ele elaborado, com passeios pelos teóricos dos estudos de linguagem e da filosofia. Palavras-chaves: História – Discurso – Fato – Imaginário – Cinema

Comente Aqui

Subir ao topo