Estatística III

Estatística III

1.344 visualizações 184 downloads

Detalhes

  • Categoria: Estatística
  • Assuntos: Amostra Estatística, Apostila de Estatística, Avaliação (Estatística), Correlação (Estatística), Estatística, Estatística Básica, Frequência Estatística, introdução à estatística, Noções de Estatísticas, Noções de Probabilidade e Estatística, População (Estatística), Regressão (Estatística), Representação Gráfica Estatística, Séries Estatísticas, Tabelas Estatísticas, Tipos de Estatística, Variável Estatística
  • Autores:
  • Quantidade de Páginas: 76
  • Data de Inclusão: 16/07/2015
  • Formato do Arquivo: PDF
  • Tamanho do Arquivo: 604 KB

Todas as ciências têm suas raízes na história do homem. A Matemática, que é considerada “a ciência que une à clareza do raciocínio a síntese da linguagem”, originou-se do convívio social, das trocas, da contagem, com caráter prático, utilitário, empírico (experimental). A Estatística, ramo da Matemática Aplicada, teve origem semelhante. Desde a Antiguidade, vários povos já registravam o número de habitantes, de nascimentos, de óbitos, faziam estimativas das riquezas individual e social, na distribuição de terras ao povo, cobravam impostos e realizavam inquéritos quantitativos por processos que, hoje, chamaríamos de “estatísticas”. Na Idade Média colhiam-se informações, geralmente com finalidades tributárias ou bélicas. A partir do século XVI começaram a surgir as primeiras análises sistemáticas de fatos sociais, como batizados, casamentos, funerais, originando as primeiras tábuas e tabelas e os primeiros números relativos. No século XVIII o estudo de tais fatos foi adquirindo, aos poucos, feição verdadeiramente científica. Godofredo Achenwall batizou a nova ciência (ou método) com o nome de Estatística, determinando o seu objetivo e suas relações com as ciências. As tabelas tornaram-se mais completas, surgiram as representações gráficas e o cálculo das probabilidades, e a Estatística deixou de ser simples catalogação de dados numéricos coletivos para se tornar o estudo de como chegar a conclusões sobre o todo (população), partindo da observação de partes desse todo (amostras). Na era da informação os estudos estatísticos têm avançado rapidamente e, com seus processos e técnicas, têm contribuído para a organização dos negócios e recursos do mundo moderno.

Comente Aqui

Subir ao topo