O alfabeto japonês: Hiragana, Katakana e Kanji

O alfabeto japonês: Hiragana, Katakana e Kanji

3.815 visualizações 1.168 downloads

Detalhes

  • Categoria: Japonês
  • Autores: (Desconhecido)
  • Quantidade de Páginas: 3
  • Data de Inclusão: 17/11/2016
  • Formato do Arquivo: PDF
  • Tamanho do Arquivo: 615 KB

Uma das primeiras coisas que todo mundo se pergunta ao começar os estudos do idioma japonês é sobre o alfabeto japonês: como são as letras japonesas, “aquele monte de risquinhos”, etc. Diferente do nosso alfabeto, que utiliza as 26 letras romanas (A, B, C…) e os numerais arábicos (1, 2, 3…), o alfabeto japonês consiste em dois silabários, chamados Hiragana (????) e Katakana (????), e um grande número de ideogramas, chamados de Kanji (??), além dos numerais arábicos e, às vezes, do alfabeto romano, chamado romaji em japonês. Parece complicado, não? Bom, fácil eu não vou dizer que é, mas também não é nada do outro mundo. Normalmente, nos cursos de japonês, os alunos primeiro aprendem os silabários para depois, aos poucos, aprenderem os ideogramas. Vamos dar uma olhada no que são exatamente os silabários e os ideogramas.

Comente Aqui

Subir ao topo